quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Presentes de Natal para Crianças

Estamos tão perto do Natal que pensámos em falar sobre presentes. Embora na maioria das vezes está escrito na embalagem dos brinquedos qual a faixa etária mais adequada, nem sempre é fácil escolhermos entre tanta oferta. Vamos dar uma pequena ajuda, mostrando quais as capacidades que as crianças têm em cada faixa etária e como podemos ajudar a estimular e a adquirir novas capacidades.

Ficam algumas ideias para alegrar o Natal da criançada. Vamos começar hoje pela faixa etária até aos 12meses.

Aos 6 meses a criança já consegue

· Responder activamente às solicitações do adulto: ri, olha, emite sons,…

· Alcançar e segurar objectos e brinquedos.

· Levar objectos a boca.

· Emitir e localizar sons.

· Rolar.

Os melhores presentes para esta idade são os que desenvolvem a comunicação e audição, que emitam sons, músicas, tais como rocas, mobiles, projectores; brinquedos que promovam a estimulação dos sentido táctil (e não só), com várias cores, macios e com texturas diferentes, como os ginásios, os peluches e livros com texturas; brinquedos de causa e efeito, como aqueles onde a criança quando carrega num botão e este emite som. Brinquedos que estimulem o movimento, como o agarrar e o gatinhar também são importantes.

Aos 9 meses a criança já é capaz de:

· Procurar objectos escondidos.

· Transferir objectos de uma mão para outra.

· Emitir sílabas.

· Sentar-se sem apoio.

Além de alguns presentes da faixa anterior (como os brinquedos de causa e efeito, peluches), podemos começar a estimular novas áreas, tais como a coordenação olho-mão com jogos de encaixe e de empilhar; continuamos a estimular a comunicação com jogos de música tais como pianos, telefones, …

Os triciclos (sem pedais) começam a ser utilizados a partir desta idade.

Aos 12 meses já podemos observar que a criança consegue:

· Imitar gestos.

· Fazer a pinça: segura com o polegar e indicador

· Emitir palavras

· Andar com apoio.

Agora, os presentes já estimulam o movimento autónomo e começamos a utilizar o andador. Brinquedos como os carrinhos, os aviões, as bonecas, com acessórios (como garagens para os carros) são adequados; contudo é necessário ter em atenção os tamanhos dos brinquedos não podem ser demasiado pequenos para a criança não os engolir por acidente. Isto aplica-se a brinquedos que se desmontem em partes mais pequenas. Jogos interactivos com sons e palavras para estimular a fala, agora que a criança precisa de adquirir palavras.

Estas sugestões não dispensam nunca a presença do adulto para envolver a criança na brincadeira, até porque este pode estimular o interesse e atenção da criança, ajuda a desenvolver a comunicação e a aquisição das palavras e a relação com o outro.

Boas compras e boas ideias…

in manual da criança

0 comentários :